Cooperação e Educação para o Desenvolvimento

O espírito fraterno de solidariedade e de cooperação que une os povos e os territórios esteve presente ao longo de toda a história da ADPM, e estará enquanto houver comunidades excluídas, nas suas condições mais elementares. Assim, a Cooperação e a Educação para o Desenvolvimento têm sido áreas de trabalho da ADPM, desde há alguns anos. Estas prioridades têm como objetivo, por um lado sensibilizar os diferentes sectores da comunidade para as problemáticas dos países em desenvolvimento e por outro, minorar algumas dificuldades desses países e colaborar num processo de desenvolvimento que conduza a melhores condições de vida e a um maior bem-estar das populações.


Para além de Portugal, onde a maior parte das ações de Educação para o Desenvolvimento se têm implementado, a ADPM tem desenvolvido um conjunto de parcerias ativas em diferentes países (Cabo Verde, Marrocos, Moçambique, S. Tomé e Príncipe,) que têm permitido um trabalho de Cooperação para o Desenvolvimento consistente e duradouro nestes territórios. As primeiras ações tiveram como enfoque principal a promoção e capacitação de Associações e Agentes de Desenvolvimento Local, de forma a qualificá-los para intervirem no seu território e no seu processo de desenvolvimento. Atualmente, as principais áreas de intervenção são a Educação, a Formação/Capacitação e a Saúde. Pretende-se essencialmente, através de estratégias de desenvolvimento local, que contribuem para a redução da pobreza e que vão de encontro ao protagonizado pela Declaração do Milénio, melhorar condições ao nível da educação e da saúde, facilitando o seu acesso, por parte da população, para que esta usufrua de bens e serviços imprescindíveis ao seu bem-estar e que promovam a sua autonomia.

Para que estas regiões e comunidades, que apresentam dificuldades e desequilíbrios de recursos e de oportunidades, consigam atingir os Objectivos para o Desenvolvimento do Milénio é necessário o empenho de todos (instituições públicas, sociedade civil). É este o espírito norteador da nossa intervenção, o reforço dos tecidos e das dinâmicas sociais, de forma a ajudar a construir uma sociedade mais justa e mais solidária e a reduzir os desequilíbrios de recursos e de oportunidades.


Peça mais informações, contacte cooperaçao@adpm.pt