RAÍZES - Redes Locais para o Turismo Sustentável e Inclusivo em Santo Antão

 

DESIGNAÇÃO DO PROJETO | RAIZES – Redes Locais para o Turismo Sustentável e Inclusivo em Santo Antão

CÓDIGO DO PROJETO | CSO-LA/2017/152680/21

OBJETIVO PRINCIPAL | Promover o turismo sustentável como factor de geração de rendimentos e melhoria das condições socioeconómicas na Ilha de Santo Antão

REGIÃO DE INTERVENÇÃO | Ilha de Santo Antão (Cabo Verde)

ENTIDADES BENEFICIÁRIA | ADPM – Associação de Defesa do Património de Mértola

PARCEIROS EXECUTORES | Associação 14 MAIS, ADIRP – Associação de Desenvolvimento Integrado da Ribeira das Patas, Associação Dragoeiro, Câmara Municipal de Porto Novo, Câmara Municipal de Paúl, ISCEE – Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais

PARCEIROS ASSOCIADOS | Ministério da Economia e Emprego, IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, Áreas Protegidas de Santo Antão, Ministério da Agricultura – Delegação de Santo Antão, CNAD – Centro Nacional de Artesanato e Design, Universidade do Algarve

 

DATA DE APROVAÇÃO | 12-09-2016

DATA DE INÍCIO | 01-09-2017

DATA DE CONCLUSÃO | 31-12-2018

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL | 660.230,15 EUR

FINANCIAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA | 499.939,10 EUR

 

OBJETIVOS:

Diversificar e qualificar a oferta turística com base no património e na capacitação das OSCs na Ilha de Santo Antão.

 

PRINCIPAIS ATIVIDADES:

- Definição de um plano de ação participado para o turismo sustentável

- Criação de uma DMO (Destination Management Organisation)

- Criação de centros de interpretação

- Desenvolvimento de programas turísticos

- Mapeamento e recuperação de caminhos vicinais 

- Promoção dos produtos locais

- Criação de um certificado de origem para os produtos da Ilha de Santo Antão

- Mapeamento do património natural e cultural

- Assistência técnica a artesãos e unidades de fabrico tradicionais

- Definição e sinalização de rotas

- Criação de um Portal na internet

- Produção de guia turístico

- Ações de formação

- Criação do doutoramento em turismo

- Realização de ações de sensibilização 

 

PRINCIPAIS ATIVIDADES:

- Oferta turística incrementada e diversificada, novas dinâmicas de turismo sustentável e rede multi-actor criadas

- Capacidades e sustentabilidade das organizações da sociedade civil reforçadas

- Mudança de atitudes e responsabilidade individual e coletiva despertadas